POR QUE a tecnologia é cada vez mais importante na educação?


"A tecnologia está mudando a forma como produzimos, consumimos, nos relacionamos e, até mesmo, como exercemos a nossa cidadania. Agora é a vez de transformar também a maneira como aprendemos e ensinamos..."

Importante destacar que a tecnologia não vai resolver todos os problemas. É preciso mesclar o online com o off-line, no que se convencionou chamar de ensino híbrido (atividades no computador mesclada a experiências e interações presenciais, fundamentais para a promoção do desenvolvimento de forma integral).

Também é preciso ter cuidado para que a tecnologia não crie apenas uma versão digital de práticas pedagógicas tradicionais. Não é mera substituição, mas oportunidade de fazermos coisas antes impossíveis. Novas abordagens, mais disruptivas, que possam trazer a educação para o século 21.

Tecnologia não substitui o professor. Ao contrário, ela empodera os educadores, permitindo que abandonem atividades mecânicas ou repetitivas, como corrigir exercícios e dar aulas expositivas, e tenham mais tempo para atuar como mediadores, mentores e designers da aprendizagem.

Assim como tem alto poder de contribuir, pode prejudicar, seja gerando muita dispersão, seja ampliando a desigualdade entre os que têm e os que não têm acesso.


Para que a tecnologia possa de fato transformar a educação, é preciso:

Assegurar infraestrutura:

• Conectividade;

• Rede lógica com Wi-Fi;

• Equipamentos cada vez mais móveis;

• Uso quase transparente.


Garantir recursos digitais cada vez mais diversificados e qualificados:

• Fomentar produção por empreendedores, educadores e até alunos;

• Permitir que estejam disponíveis para escolas, professores e alunos de forma gratuita ou adquiridas pelas redes como o livro didático;

• Avaliar para que sejam sempre aprimorados.


Formar professores:

• Utilizá-las na própria formação para que eles se familiarizem;

• Oferecer referencias do que pode ser feito;

• Disponibilizar ferramentas;

• Usar para que troquem conhecimentos e práticas.


Mobilização da sociedade, especialmente famílias e alunos:

• Compreender como utilizar com propósito e da melhor maneira para que juntos possamos garantir o direito de todos os brasileiros a uma educação de qualidade, que prepare para a vida e permita a aprendizagem ao longo de toda a nossa existência.


Fonte: www.porvir.org